Meu parecer sobre o Comida di Buteco 2010.

Todo mundo que me conhece sabe que adoro um boteco. Se me chamar pra “cair na noitada”, baladas em boates e coisas do tipo, bem provável que eu recuse o convite. Mas se me chamar pra conhecer algum bar… é convite aceito na hora! Nada melhor que juntar uma boa companhia e bater aquele papo gostoso, acompanhado de uma(s) cerveja geladíssima e tira-gostos variados.

É por tudo isso que eu adoro o Festival Comida di Buteco. É um festival famoso no Brasil inteiro, mas caso alguém ainda não conheça, pode ver todas as informações no site. Não vou me estender pro post não ficar cansativo. Só resumo, informando que o festival tem o objetivo de premiar os melhores bares da cidade, de acordo com vários itens. O principal deles é o prato, cuja receita é elaborada especialmente pro evento. Atendimento e cerveja mais gelada também são premiados. E quem decide os ganhadores é o público que prestigia o evento e vota nos bares que visitou.

Escrevo esse texto meio tardiamente: o festival se encerrou dia 09. Mas ainda há tempo de garantir seu ingresso pra Saideira, que ocorre dias 15 e 16/05 e conta com shows de bandas famosas, presença de todos os bares e o momento mais esperado, onde são anunciados os vencedores. Durante o evento, fui em 7 bares participantes e, nestas idas, tuitava o que estava acontecendo. Muitas pessoas aprovaram e pediam mais dicas, tanto de bar, ambiente e de comida. Perguntam o que achei de cada prato, de forma que na Saideira possam escolher o que comer. Então aí vai minha análise dos bares que visitei, por ordem:

BAR DO DEDINHO: Boi ao chymmy li com gorgonzola, batata recheada e chips de jiló. Gostei, mas chegou morno à mesa. Esfriou rapidamente e perdeu a graça. Nota 7

BARTIQUIM: Canjiquinha com suã e jiló. Amo canjiquinha, mas achei que seria estranho comê-la num buteco. Mas foi bem tranqüilo. O jiló foi o melhor de todos, prevalesce o gosto delicioso do provolone. Nota 8

BAR DO DONDINHO: Bife de carne moída, coberto com queijo minas, tomate, cebola, bacon, cheiro verde e chips de jiló. Delicioso! A combinação dos ingredientes é perfeita. Muito, muito saboroso! Nota 9

ANTONIU’S BAR: Enroladinho de frango recheado com legumes e jiló, acompanhado de molho madeira, molho de laranja e pasta de jiló. É bom e só, foi o que menos gostei. Tempero fraquinho, os molhos são o destaque. Além disso, o atendimento foi bem ruim. Nota 6

ADEGA & CHURRASCO: Costelinha no bafo, acompanhada com jiló acebolado na manteiga de garrafa, decorada com pimenta biquinho e farofa de bacon. Adoro costelinha, e essa está deliciosa! Tempero no ponto e, ponto importante:pimenta biquinho! Acho que todos os bares deveriam colocá-la, além de dar um toque bonito e colorido, dá um gosto especial. Nota 8

KOBES: Jiló à parmegiana com guisado e purê de batata. Muito gostoso, embora o jiló esteja junto ao purê, nada de parmegiana. Servido bem quentinho, uma delícia. Nota 8

BARÇÃO MOREIRA: Costelão acompanhado de molho da casa, polenta, jiló e farofa. A apresentação mais bonita! Cada ingrediente no seu devido lugar, tudo coloridinho. O prato mais charmoso. O tempero do costelão é espetacular, a polenta é uma delícia! E o atendimento é muito bom. Nota 9

Considerações finais: O jiló era item obrigatório de todos os pratos. Muita gente que dizia não gostar, aprovou. Os chef’s conseguiram tirar o amargor, de formas criativas. O evento foi de ótimo nível, gostei bastante das comidas! Só não dei nota 10 pra nenhum porque, como não experimentei todos, seria injusto dar 10 pra um e ver futuramente que tem outro melhor. Além do sabor, pesou na minha decisão a criatividade. Mas o evento é maravilhoso, vale a pena demais prestigiar! Se esse ano você ficou de fora, ainda da tempo de participar da Saideira! E fica ligado que ano que vem, tem mais!

One Reply to “Meu parecer sobre o Comida di Buteco 2010.”

  1. hugoresende

    Apesar de conhecer varios dos bares participantes este ano não consegui ir em nenhum..espero que eles continue com alguns pratos apos o comida di buteco…

Deixe uma resposta