Para todos os meus amigos (e todos que são amigos de fotógrafos).

Moçada, sei que o que vou falar aqui muita gente vai pensar “ai, que chata!”, ou “ai que saco”, ou “ai que metida”, ou o que for. Mas gostaria MUITO que chegassem até o final. Principalmente aqueles para quem alguma vez eu fui feliz e sorridente fotografar o que quer que fosse pra você, de graça.
Todo mundo acha que porque tenho uma câmera bacana e, por ser seu amigo, não custa ir lá e fotografar sua festa, aniversário, casamento ou o que quer que seja. Mas custa sim, e não é pouco. Claro que, como amiga, por várias vezes fui fotografar sua festa feliz, sem cobrar nada, como se fosse um presente. Mas acontece que a fotografia não é um simples hobby.
O investimento que tenho é muito alto e preciso repor isso. Não é qualquer 100 reais que cobre esse trabalho, que envolve: levar equipamento pesado, fotografar, deixar de me divertir tanto na festa (se é de amigo, eu também queria curtir, como todos os outros amigos), chegar em casa, passar as fotos (que são enormes, pesadas e demoradas) pro pc, editar (essa etapa demora muito, muito mais do que o tempo que fiquei fotografando sua festa), gravar (muitos nem o DVD me dão!), ir até você entregar as fotos.  Ainda preocupar em não ser assaltada no meio do caminho.
Com isso, perco tempo, pago a energia do pc ligado, tenho perda de vida útil do equipamento (sabia que toda câmera tem um limite máximo de cliques e, depois disso, só comprando outra? Bateria, cartão de memória, flash, pilhas…).
Ainda assim, tudo isso seria suportável. Mas aqui vem a parte mais irritante: a encheção de saco. “Cadê minhas fotos, que dia vai me mandar, já editou?” As fotos dessas câmeras não são tão simples de editar como a de câmeras compactas; eu trabalho, estudo, tenho outras coisas pra fazer além de ficar o dia inteiro por conta das suas fotos (que você ta ganhando inteiramente de graça).
Então por isso, pensem o que quiserem. Mas eu já ajudei família, amigos e outros nem tanto assim. Agora está na hora de vocês me ajudarem. Fotografia é meu trabalho, e por trabalho entende-se dinheiro. Percebam que não estou pedindo dinheiro de graça, não estou mendigando nem pedindo esmola. Estou cobrando por meus serviços, como faz o pedreiro, o bancário, o designer, o jornalista e qualquer outra profissão do universo.
Faço um pedido encarecidamente: liguem pra qualquer fotógrafo e façam um orçamento do serviço que eu já fiz pra vocês: tipo de festa, horas que fiquei lá, quantas fotos te entreguei e perguntem a ele quanto fica isso tudo. Vai ver que não é nem um pouco barato. E, principalmente, perguntem quanto tempo leva pra entregarem as fotos. Vão ver que não são 1, 2, 4 dias. Tenho certeza que vão até ter vergonha de terem me pedido pra fazer de graça.
Tudo na vida tem 2 lados. Já ajudei muito vocês. Tá na hora da coisa ir pro outro lado. Peço desculpas se fui grossa. Mas já expliquei amavelmente por inúmeras vezes, e não adianta. Então tive que desenhar :-P
Por favor, reflitam.

#RebeliaoFotografica

78 Replies to “Para todos os meus amigos (e todos que são amigos de fotógrafos).”

  1. Alexandre Castilho

    Olá sou fotógrafo há mais de 20 anos e trabalhei na empresa do grupo Itaúsa/Duratex/Deca Hydra onde trabalhávamos com a DPZ e WBrasil, hoje tenho 43 anos e entrei na área com 16 anos com carteira assinada. Hoje tenho meu estúdio e confesso que não sabia o que estava acontecendo com a área, pois tinha um estúdio dentro da empresa e como funcionário, não pegava trabalhos fora mas falo aqui que mataram a área… estão associando a fotografia como quem tem um carro mais potente é o melhor rs…. mas se esquecem que, dirigir todo mundo dirigi, agora dirigir bem, dá para contar nos dedos. Foi impactante essa descoberta, pois não imaginava, meus amigos que estavam no mercado falavam mas não acreditava, agora que estou nele estou vendo essa triste realidade. Não que isso está me prejudicando pois tenho meus clientes grandes mas, incomoda essa moçada se rebaixando e detonando o mercado fotográfico pensando que, fazer um preço baratinho para o cliente, ele chamará outros clientes novos, até chamará mas, terá que fazer baratinho também para a pizzaria da esquina e nunca conseguirá abrir um estúdio legalmente, que sá, manter uma família. O pior é que já ví em alguns blogs de fotógrafos com 5 ou até 10 anos de estrada, acho que para aparecer apenas sei lá, incentivam o pessoal a fazer baratinho para fazer o portfólio, eles se esquecem que somos formadores de opiniões…cara, se quer fazer um portfólio faça free-lance para um estúdio, assim você não trabalha de graça e não queima o mercado e nem a ele mesmo, tá bom, quer ser o diferentinho… então entre em contato com diretor de um presídio e fale que quando tiver uma rebelião para chamá-lo para fotografar lá dentro, assim as fotos farão sucesso e ele não queimará o mercado. Melhor ainda, terminei um filme independente esse ano onde participaram 200 pessoas totalmente de graça pois o tema é preservação ambiental e como falávamos todas as verdades desse Brasilzão, tinha que ser independente mesmo, então trabalhe de graça para os cineastas de filmes independentes fazendo makingoff ou outra coisa pois garanto que será reconhecido pelo grupo e fará novos networking. um abraço a quem entendeu.

    Alexandre Castilho

    http://www.bycastilho.com.br
    http://www.impactobr.com.br

  2. Bruna Alves

    Adorei! Tudo o que você ‘desenhou’ é a mais pura verdade!

  3. Rafael Guimarães

    Olá Amanda. Adorei seu texto condiz muito com o que fotógrafos vivem rs.
    E como o Regis Falcão disse: “Eis a dura realidade de quem escolhe cliques pra pagar as contas”.
    abraço.

  4. Alexandre Braga

    É pura verdade, amigos amigos, negócio a parte. Na verdade eles não fezem idéia de quanto custa um equipamento, manutenção, tempo, enfim, envolve uma serie de atividades na fotografia, não somente ir lá fotografar, cançaso durante o evento, atenção re-dobrada para não perder nenhum lançe (por mais que seja de graça), perca de tempo para editar as fotos (que possivelmente vc irar fazer a noite ou no final de semana). enfim…pensem muito antes de pedirem um favor para um fotografo(a). No início da atividade todos até fezem algum favor, mas depois de um certo tempo, não tem como. Os inventimentos vão ficando cada vez mais caros e precisamos ter retorno financeiro.

  5. Cristina Rocha

    Ôi Amanda!! Estou adorando seu blog. E como me identifiquei com esse POST!!! Realmente… no fim é a gente pagando as contas e a manutenção do nosso precioso equipamento. Valeu pela ousadia em tocar no assunto!! Abração!

  6. Henrique

    Belo Post Amanda.
    Acho que todo fotógrafo já passou por isso.O pior ainda é quando, além de estar fazendo de graça, alguém chega e fala: “Como essas cameras são boas.” esquece que por traz dela existe alguém que faz ela ficar boa. Ou pior então: ” Com uma câmera dessas até eu faço esse tipo de foto.” Essa é pra acabar.

    Acho que todos deveriam ler o que a Amanda escreveu e refletir um pouco ” que tudo tem o seu limíte.”

    abraços

  7. Ana Telma

    Oi Amanda!
    Descobri seu texto no blog de um amigo também fotógrafo e vou deixar (quase) o mesmo comentário que eu deixei pra ele:

    Acho que você está coberta de razão em tudo isso aí que você falou… Mas eu acho que EU não colocaria um texto assim no MEU blog. Opinião pessoal. Primeiro: porque os meus clientes, aqueles que estão pagando, não tem nada a ver com essa história. Então eu não colocaria isso no meu blog profissional. Num pessoal, talvez. Mas acho que tb não colocaria. E isso me leva ao segundo ponto: existem amigos e amigos (infelizmente). Nós, no início da carreira de fotógrafos, vamos vender nossos trabalhos pra quem? Pros nossos amigos, lógico. Nossos primeiros trabalhos normalmente vão ser pros nossos amigos e amigos deles. E aí fica difícil trabalhar tanto sem cobrar nada. E aí entra o fato de existir amigos e amigos. Eu tenho amigos que eu não cobrei pra fotografar alguma coisa e que eles fizeram questão de me pagar, porque valorizaram o meu trabalho. :) Por outro lado, também tem aqueles outros que eu não falei nada, eles não falaram nada e ficou por isso mesmo. Mas, mesmo nesses casos, agradeço por ter tido a oportunidade de ter passado por aquela situação, agradeço pelo aprendizado, agradeço por enriquecer meu portfolio, agradeço DEMAIS! Mesmo por essas horas de trabalho não remuneradas e desgaste de equipamento. :) Porque com elas eu aprendi.
    Bom, a questão é: saiba, de verdade, se vc quer fazer de graça mesmo. Por quando é de coração a gente nem acha ruim :) Agora, se ficar na dúvida se vc vai ter prazer em trabalhar de graça praquele amigo, nem faça. Ou cobre um valor simbólico, um descontinho. :)
    Assim todo mundo sai ganhando!
    (Nossa, escrevi um post! rsrsrs)
    BEIJOOOOOO
    Ana

  8. Amanda Neves

    É isso aí Amanda, faço das minhas as tuas palavras, e sem mais comentários!
    Bom trabalho!

  9. Marianna Camargo

    De verdade, achei fantástico o post, é de matar ficar ouvindo cobranças e mais cobranças, as vezes eu deixo de levar a câmera só pra não ter q ouvir abóbrihas depois… E sabe o que é pior que amigo? Família, a cobrança é bem mais pesada…

  10. Mau

    Que desabafo!! Tomara que as pessoas que precisam se tocar disso tudo, tenham tido acesso ao texto e lhes “servido a carapuça”! Acho que em quase todos os ramos é assim. Meu namorido trabalha com informática, e é incrível a quantidade de pessoas que precisam “formatar um pc”,”tirar o vírus”, “instalar um programa” e que nem perguntam quanto é, já que todo mundo sabe que é seu ganha-pão. A família, então, nem se fala. Quanto a mim, adoro fotografar. Eu, que nem fotógrafa sou, que nem uma “reflexzinha” tenho (por enquanto), que vou praticando com minha humilde H-50, já fui convidada pra festa e “intimada” na maior cara de pau a levar a câmera. Chegou ao cúmulo da pessoa ligar na minha casa, perguntar: “cê vem, né? Não esquece a câmera!” Se isso me revolta agora, que só fotografo por hobby, imagino bem o que você sente nessas situações. É isso aí! Valorize seu trabalho, sim, pois só você sabe o quanto custa. Abraços!

  11. Lorena Monjardim

    Isso!
    Muito bem, garota!
    Quem sabe agora as pessoas que lerem se toquem!
    Quer saber? Parei geral de trabalhar para amigo. Nem pagando..
    Porque quando pagam aí a história ainda piora!
    Ouvi recentemente o seguinte:
    “Não quero saber se no contrato são 60 dias úteis para o álbum ficar pronto. quero meu álbum agora!”
    (4 dias depois do prazo começar a correr)
    Como se eu tivesse pedindo o prazo por hobby, entende?
    Poxa, o álbum é artesanal.. envolve ampliação, conferência, laminação, conferência, encadernação, conferência.. e se não ficar bom, volta ao início… refaz.. até ficar bom.. pq senão eu não entrego!

    Mas esses são os membros honorários do “Losers Club”
    Sempre tem.. sempre vai ter.
    Bom é saber que a maioria não é assim.. a maioria paga bem e valoriza o trabalho bem feito.

    beijos e tudo de bom para vc.

  12. Ana Carolina

    anacordosom@hotmail.com, a despeito de vc ter dito que não havia colocado o e-mail, o que no seu blog aparece como campo obrigatório. Não daria nem para postar se não tivesse colocado o e-mail. Não discordo de tudo o que vc diz, apenas disse que um pouco de humildade e reconhecer que o processo de aprendizado nunca se completa, é de muito bom tom para manter o senso da realidade. Por fim, era isso.

  13. Luciana D´Agosto

    Adorei isso!
    Acho que vou escrever uma carta falando dos doces. Amigos e família ficam ofendidos quando cobro pelo trabalho. Acham que tenho que ficar horas na cozinha de graça!
    Parabéns!!

  14. adrianacarolina

    Amanda, seu texto se encaixa exatamente com o que sinto, o legal é q vc ressalta que algum dia fez de graça e agradece por isso, mas a vida é mesmo uma troca… e agora que realmente vivo disso fica complicado gastar meu tempo fazendo trab de graça.
    Qualquer dia desses vou pedir pra minhas amgias me darem aula sábado e domingo ou prestarem seus serviços pra mim no final de semana pq amam a profissao… fala sério, ne?
    Mas vivendo e aprendendo… pq dar um click nem é esforço pra mim, mas como boa profissional ñ sei entregar um trab mais ou menos e isso sim, me toma um tempo gigante…
    Beijos e sucesso.

  15. Pingback: Para todos os meus amigos (e todos que são amigos de fotógrafos). (via Fotografia, cultura e variáveis.) « Beto Bertagna a 24 quadros

  16. mandinhabhz

    Eu tenho bastante preguiça de gente que dá sua opinião sem aparecer. Vc, Ana, foi uma das pouquíssimas que comentou sem colocar nem seu email.

    Não compreendi muito bem seu comentário. Primeiro, que nem me conhece pra saber há quanto tempo eu fotografo. Segundo, você é que está sendo controversa. Afinal, meu texto fala exatamente sobre o que vc retruca. Em momento algum da vida eu disse “pronto, me tornei fotógrafa!’. Ate porque ninguem nunca está pronto. Estudos, pesquisa e conhecimento são necessários SEMPRE. Esse conhecimento gera custos. Até pra aprender `sozinha`, sem escola, preciso de internet e livros, que resulta em custos.

    Também não entendi se seu objetivo foi somente atacar o meu equipamento. Tenho somente uma Canon XSi sim. Quem sabe se eu tivesse recebido por todos os eventos que fiz de graça, conseguisse já ter um equipamento melhor, não é? Apesar que estou bem satisfeita com minha câmera, não pretendo trocar tão cedo! Então você tb é dessas que acha que é o equipamento que faz o fotografo, né?

    Resumindo: com a minha XSi, ou se eu tivesse a camera mais top do mercado, ou ainda se eu tivesse somente um compacta TEK PIX, o que importa é que eu não vou fotografar mais de graça pra quem não merece, sacou? Não acho de forma alguma que isso seja pretensão e falta de humildade. Se vc pensa assim, vai fazer suas fotos de graça e feliz. Boa sorte! :-)

  17. mandinhabhz

    Aee, finalmente alguém contra meu post! Como dizem que toda unanimidade é burra, já estava ficando preocupada, haha.

    Antes de tudo, gostaria de agradecer ao apoio. Foram centenas de RTs e mensagens no Twitter e Facebook. Ler a opinião de voces aqui é muito interessante. É muito bom compartilhar e debater certos assuntos. Para os que pediram, claro que podem passar pra frente, seja no facebook, postando no blog pessoal, por email e onde mais quiserem. Desde que com os devidos créditos e, se possível, um link pra essa postagem.

    É legal ver que cada um de vcs já passou por experiencias deste tipo. Como muitos disseram aqui, é óbvio que esse texto não significa que nunca mais na vida iremos fotografar de graça. É claro que, por gostar de fotografar, sempre vai ter um festinha que vou, por vontade própria, levar a camera e fotografar todo mundo. Mas isso tem que ser por vontade nossa. Como disseram aqui tb, tem gente que merece que eu fotografe todos os seus eventos de graça! Copio aqui a frase do Marcelo, que comentou ali pra cima, e que é exatamente o espírito da coisa:

    “Galho a gente quebra, até espontaneamente para um grande amigo, para alguém que precisa e queremos ajudar, ou por qquer razão benemérita que VOCÊ escolher. Mas de cara-de-pau, oportunismo e gente que não valoriza o que você faz, passe longe!”

  18. Cris Faga

    Todo mundo torna-se fotógrafo algum dia, e é bom q essa nova geração tenha a consciência q o trabalho tem q ser remunerado, e esses fotógrafos profissionais mais velhos devem encarar q o mercado mudou e a galera nova domina, é só folhear qquer revista e olhar quem fez o editorial, galera nova no ar! Parabéns Amanda pelo desabafo, um dos primeiros passos do profissionalismo é saber valorizar o seu trabalho!

  19. Ana

    Tenho bastante preguiça dessas pessoas que fotografam apenas há alguns meses, com uma reflexzinha não, se considerarem profissionais, encherem a boca para dizerem que são fotógrafos. Essa postura de “pronto, tornei-me fotógrafo” é incoerente com tudo o que vc escreveu, de todo trabalho que dá, do tempo para aquisição de conhecimento, equipamentos… No mais, menos pretensão, mais realismo e humildade na trajetória que vc almeja seriam muito mais úteis para vc mesma. Saudações!

  20. Rachel Vianna

    KKKKKKKKKKKK…amei cada palavra!
    Posso postar seu link no meu orkut de trabalho?
    Felicidades querida!

  21. Marcelo dos Santos

    Endosso 100% seu post (que está bombando, rs) e acrescento algo muito importante: O custo e valor do que vai além do tempo e do equipamento – SEU CONHECIMENTO! O mais caro de tudo isso e que as pessoas não levam em conta é o tempo e o dinheiro que você gasta para tirar aquelas “…fotos maravilhosas, que máquina essa sua, heim?”. Teu estudo, tuas pesquisas, tuas cabeçadas, teus livros, tua experiência cultural, teu talento e o teu olhar. Isso tem preço, isso não vêm de graça, isso tem que ser remunerado, sempre.
    Galho a gente quebra, até espontaneamente para um grande amigo, para alguém que precisa e queremos ajudar, ou por qquer razão benemérita que VOCÊ escolher. Mas de cara-de-pau, oportunismo e gente que não valoriza o que você faz, passe longe!

  22. Felipe Pires

    Você está certíssima! Valorize seu trabalho! É MUITO chato esse negócio de “manda as fotos”, nego não tem noção de que uma foto dessa tem uns 6MB! É um saco ter que editar, mandar, etc.. não sou fotógrafo profissional, mas digamos que eu seja “o fotógrafo da galera”, assim sempre rolam esses pedidos, realmente é muito inconveniente.

    Como eu disse, está certíssima!

    Grande abraço!

  23. Rodrigo de Paula

    mandou bem moça.

    Mas vou adiantar alguns dos orçamentos mais pedidos para aqueles que não foram buscar.

    saida fotografica para:

    batizado – R$ 350,00
    aniversário infantil – R$ 500,00
    Casamento – R$ 900,00

    obs: só as fotos no dvd amigo. Quer o álbum? Vai ter que pagar a mais.

  24. Erick Willian

    Luiz comentei abaixo, gostaria de comentar sua opinião tb, o trabalho quem dá valor é o próprio artista (OS FOTÓGRAFOS) mais o valor é abusivo quando o trabalho não está a altura do resultado final, mais Fotógrafos de casamentos bons, por menos de 5000,00 impossível mesmo, sabe porque eu digo isso, fotografo mtos acham que só fotografar todos falam nossa vou virar fotografo, eis a questão.
    Vamos refletir juntos, Câmera boa em média de 7000,00 no brasil, Lentes boas apartir de 1500 a 7000,00 de lentes, computador que esse fotografo usa um MAC em torno de 4000,00 (valores base), assistente, tempo fotografando, tempo editando, anos de estudo até chegar ao nivel de se cobrar os 5000,00 ou 10.000,00 que vc citou, fora essas coisas que eu citei existe mtos outros fatores, varias reuniões com noivos…
    Agora que refletimos, e ai ? vale ou não vale 5 a 10 mil para um profissional registrar momentos que ficará marcado para sempre ?????
    Espero que tenha entendido o que eu tentei transmitir…
    O valor que dá para sua arte é você, quando você da valor as pessoas automaticamente darão valor tb.

    Erick Willian

    http://www.erickwilllian.com.br

  25. Erick Willian

    Um belo desabafo, o importante de tudo isso é que vc chegou em uma bela etapa da fotografia, reconheceu o valor de seu trabalho, a partir de agora vc embarca em uma outra etapa da fotografia, para muitas pessoas não consegue ter essa visão de etapas dentro de uma carreira fotográfica, quase uma escada vc sobe etapa por etapa.
    Nesta nova etapa, as exigências claro são maiores, então aproveite este belo armamento que vc tem em mãos e ainda por cima totalmente GRÁTIS, o BLOG, através de uma apresentação de fotos em seu blog automaticamento a sua credibilidade e profissionalismo vão transbordar, vc tem um bela area aproveite-a para valorizar seu trabalho te garante que pequenas mudanças, vão pensar 10x antes de pedir novamente que faça um trabalho por amizade…

    Duvidas sobre o que eu falei acesse meu BLOG http://www.erickwillian.com.br e repare como apresento meu trabalho.
    Espero ter ajudado com minha opinião.

    Erick Willian | Fotografo

  26. Luiz

    Concordo com o texto, porém na minha opinião os fotografos perdem a noção nos valores em fotos de casamentos. Você não acha nada por menos de 5000 reais. Desculpa, mas acho esse valor abusivo. Concordo que tem seu preço, mas teve cara que pediu 10000, absurdo

  27. Elaine Ferreira

    perfeito tudo q vc escreveu….estou há 6 meses me descobrindo como fotógrafa e posso dizer que mesmo bem no início dessa carreira, ja passei por isso algumas vezes. Pior ainda quando alguem te fala assim: “vc vai na festa né, dai vc leva a camera e faz umas fotinhos ta, so pra colocar no orkut mesmo” como se fizesse alguma diferença pra gte que fotografa, perde tempo, nao se diverte e como vc bem disse: ainda ouve as cobrancas…nao é facil nao. Mas eu vou aprender e enviar esse texto elegantemente para algumas pessoas que ja fizeram isso no puro interesse…eu tenho amigos que me pedem algumas coisas, mas me dao tanta coisa em troca, que esses valem a pena. é quase uma permuta, agora tem outros…que dá licença mesmo…rs.

  28. Aline Sena

    Você conseguiu juntar TUDO que todo fotógrafo tem vontade de dizer e que, na verdade, ideal seria NÃO PRECISAR dizer.
    Esse pensamento errôneo dos parentes/amigos vem um pouco da era do digital, eu acho. É fácil pra eles acharem que “é só bater uma foto, nem precisa ficar comprando rolos de filme, faz as fotos e passa pro computador”.
    Queria que todos os meus conhecidos conhecessem esse seu texto, e se tocassem de uma vez por todas.
    Pra fazer fotos investimos em equipamento, em conhecimento, temos que nos atualizar, sem contar os custos de depreciação do mesmo, não é fácil estar atualizado. É uma pena as pessoas não terem naturalmente essa consciencia, fico pensando se também não é culpa nossa, mas acho que não. Como você mesma disse: “já não é mais um hobby”.
    E você não poderia ter finalizado melhor quando diz: “Tudo na vida tem 2 lados. Já ajudei muito vocês. Tá na hora da coisa ir pro outro lado.”
    Parabéns, belo texto!

  29. Sergio

    Putz mina…
    Seu texto foi irretocável…
    Enquanto lia estava me vendo em cada palavra sua… de graça todos querem.
    O que tem de ‘amigo’ aparecendo pra pedir foto “de grátis”…
    Achava que era só comigo que isso acontecia… rss
    Tem dó… parabéns pelo texto.
    Sergio

  30. marcelo

    nossa…perfeito isso., mas 90% não entende isso !!!
    Algumas pessoas vc precisa escolher um dia bom…no horario bom e no lugar certo para não ficarem “magoados”!!
    Pior que isso é quando te ligam e dizem: achei um fotografo pela metade do preço.., me desculpe – ai depois vc vai ver as fotos vc logo pensa: passou mais um evento da familia e que nao vai ter volta e as fotos sairam “isso”

  31. Tacio Philip

    Olá! Muito bom o seu texto, é exatamente o que acontece. Eu tenho uma desculpa a mais, como trabalho com macrofotografia, quando falar pra eu levar a câmera para fazer foto em qquer evento social eu falo: “só fotografo inseto, não dá!” :-)
    E aproveitando, posso divulgar seu texto no meu blog (de graça né), mas obviamente citando a fonte do seu blog.
    abs!

  32. Héctor

    Mandinha vc está cuberta de razão, todos nos já passamos por isso, eu mesmo neste último Domingo, fui fotografar de graça no niver da filha de uma aluna minha, a menina queria ver as fotos a cada clique até que eu diz para ela que no final da festa mostrava tudo, e ela que tem 3 anos parece que não entendeu e continuava a me pedir para ver cada foto tirada, um saco até que eu diz para ela “NÃO” a menina me chutou, chorou, esperneu em fim um inferno e não queria tirar mais fotos comigo, bateu na cara de todos os amiguinhos dela da escola, e a mãe lá olhando ela fazer tudo aquilo e não percebia que as mães pegavam seus filhos inventavam uma desculpa e iam embora, eu sentei numa cadeira enchi a pança de comida e refri e fui embora, na terça a minha aluna perguntou se eu tinha levado as fotos ai eu falei que não deu tempo de tratar e que tem outros trabalhos na frente que com tempo eu entregava na próxima semana, pois a mulher ficou brava comigo porque eu não passava na frente dos outros e que ela tinha pressa para imprimir na Retes, pode uma coisa dessas, pois agora eu liguei e diz para ela que meu cartão deu problema e que não consigo baixar as fotos de jeito nenhum, ela vai aprender ser mais educada comigo, eu até deletei as fotos e como não tinha contrato nenhum e ela nunca falou de pagamento comigo, resultadou vai ficar sem fotos boas para imprimir, agora ela está me tratando como um Rei, mal sabe ela que nunca ela vai vefr essas fotos… Desabafo fotografico, kkkkkk

  33. Jane

    Grande garota, faz uns dias comentei isso com a minha cunhada;
    ODEIO quando dizem, oi, td bem? semana que vem é aniversario do fulano.
    Quero vc lá hein? Sua presença é muito importante.

    Até aí , tudo bem, mas no final, quando vc já se despediu e está dando os primeiros passos pra ir embora, vem aquela vozinha:
    -não esquece de levar a sua máquina….PUTZ!
    Ótimo post pra comentar numa semana de pleno mau humor…rsrs
    bjos

  34. Alexandre Urch

    Incrível o seu texto. Você conseguiu dizer tudo aquilo que qualquer fotógrafo que se preze pensa em relação a esse tipo de “favor” que muitos nos pedem.

  35. Wagner Abreu

    É fácil fotografar! Então é só fornecer o equipamento e esperar o resultado, afinal ter equipamento bom é garantia de foto boa…

  36. Wistyk Leo

    Muito bem desenhado! Dá para imaginar o nível de exploração que sofre quem trabalha e não tem seus serviços reconhecidos por profissão pelos que cercam e pedem o esforço querendo recompensar apenas com gratidão.

  37. Paula

    Ae, um NÃO bem grande pra todo mundo que pensa que “é rapidinho, não custa nada”, e o tempo que foi gasto estudando e o dinheiro?

    Não custa nada?

    Broto, adorei aqui =]

  38. Simone Zimer

    Adorei o texto!
    Tanto que acho que vou ser indelicada e mandar para meus contatos… heuheueu…

    Acho que os comentários também estão muito de acordo, alguns parecem até complementar o texto!
    Mas quer dizer que isso também acontece com profissionais???? Achei que acontecia comigo só porque eu sou ESTUDANTE de fotografia… =p

  39. Elias Luiz

    Olá Amanda, não te conheço mas vou deixar o meu recado também. É bem provável que você não entenda neste momento o que irei falar, mas pode ter certeza, daqui 10 anos você vai compreender, e verá que não fui nenhum pouco indelicado, mas sim realista, e a frase não é para ser entendida apenas como se lê e sim refletir sobre o que tem por trás disso tudo. Sucesso e não desista, essa é uma linda profissão.

    “Você usa uma Canon Rebel XSi, quando você tiver uma MarkII ou outra parecida, esses pedidos de favores deixarão de existir.”

  40. newsjor

    Olá,
    Não sou fotógrafa, sou estudante de jornalismo, e mas amo fotografia e entendo como é difícil o teu trabalho. Alias entendo como é trabalhar duro e não ter o trabalho tão reconhecido…
    Parabens pela tua coragem de enfrentar amigos e familia que infelizmente não entendem as dificuldades de tua profissão.
    Ser fotógrafa não é nada fácil.
    Ser jornalista tb estou percebendo, não é nada fácil!!!
    Boa sorte pra vc
    Um abraço
    Paula Fernandes

  41. Tereza Jardim

    Falou bonito. Hoje mesmo recusei um convite bem safadinho. Uma amiga da família, que me viu fotografando POR HOBBIE e aprendizado nas Bodas de Pérola de outro casal de amigos. Ela está na cidade, vai pra um passeio com a minha mãe e disse pra ela: “diz pra nossa fotógrafa exclusiva vir junto!”. Eu disse pra minha mãe, se ela pagar eu vou. Se não, tenho que ficar em casa trabalhando e cuidar de fazer dinheiro…

  42. José Pedro

    Olha, com a experiência de quem já teve uma empresa produtora de vídeo, posso dizer: jamais misture as coisas. Trabalho é trabalho, amigos à parte, senão não dá certo. Além de trabalhar de graça, ainda vai ter que aguentar “corneta” de quem não gostou, achou que o material não ficou assim tão bom, etc…

  43. escaladasaonicolau

    PARA TUDO ! EAHEAEAEAUEAHEHAHEAHEA como assim ?

    Isso é mal de fotografo(a)? kkkkk
    sem conta,que você vira uma pessoa popular pelo seu talento,ae para qualquer lugar que te chamam ja falam ” Leva a câmera” vc leva e blz,tira umonte de foto, no outro dia TODO mundo ja cobrando as fotos ! ! !
    E isso não é o pior,um FDM compra uma câmera melhor PRONTO!Você ja perdeu 1/3 dos amigos.
    E se você for cobrar então.haaaaaaaaaaaaaaaaaan ja se foram 2/3 dos amigos!ahahahaha
    E os convites de festa?Ah leva a câmera e vc nao paga,rs.
    Da vontade de fala , o idiota ! como eu vou aproveita uma festa como uma pessoa normal se eu vou ter q tira foto de todo mundo?além de perde a festa trabalhando,levo TRABALHO pra casa.
    Não cobra na cara,mais no fundo quer qualidade pois vc eh reconhecido por isso né ? BELAS FOTOS!
    Confundem as coisas, só porque amamos que temos que fazer toda hr,todo jeito em todos os lugares.
    Já penso,vc pedreiro taos…Vem um cara e fala,o “amigo” seu trabalho é foda em cara .bla bla bla….
    Então to fazendo uma festa de aniversário e aparece la pow toma uma com agente…Há mais leva o martelo furadeira prego 2 tijolos,poq tem um cano estourado la beleza,vc da uma forcinha?
    Estranho não é?
    QUERIDO EU AMO MINHA PROFISSÃO,POR MIM EU NÃO COBRARIA DE NINGUÉM PARA EXERCE-LA,MAIS O MUNDO É MOVIDO A DINHEIRO E É DELE QUE EU PRECISO PARA COMPRA MEU EQUIPAMENTO E ME MANTER.È TRABALHO COMO O SEU TRABALHO,DO QUAL VC FOI REMUNERADO E PAGOU OS GASTOS DA SUA FESTA.
    Eu estava pensando esses dias,todos querem que eu leve a câmera né? Já penso um certo dia aparece algum safado e furta ela?Será que alguém se responsabiliza?
    Acho que não.rs

    Bem Amanda,vc falou muito bem,soltou em palavras coisas que ficam preza mesmo em nossos corações!Pois fazemos o que AMAMOSe ingratidão muitas vezes machuca,até nos desacreditam de continuar nessa profissão.
    Faço das suas palavras as minhas,e não fica só nisso que vc sabe ahhahaha

    Parabens pelo texto ! ! !

    #RebeliaoFotografica

    By @Felipe_Belloni | flickr/felipebelloni

  44. McGee

    “vc não ve essa pessoa convidar um amigo garçom pra servir de graça ou um recreador para animar a festa de graça”

    Eu ri com essa frase. Pior que é exatamente a mesma coisa.

  45. Andreia

    Realmente, amigos a parte, vcs tem de se valorizar profissionalmente,acho uma cilada ceder aos pedidos,pois as pessoas costumam achar que é banal,é tudo por conta do equipamento, mas um bom registro profissional de qualquer evento é algo que requer profissionalismo, tem custos altos e é muito chato sentir essa banalização.
    AP

  46. Leandro

    Amanda, como todos aqui já disseram, você foi de muita coragem ao escrever este post e se expondo, mas com certeza reflete o sentimento de vários que passam por aqui.
    Adicionei o post a meu Facebook. Espero não magoar os que não precisam ler isso…

    “Dá para fazer uma fotinha?”

    #RebeliaoFotografica

  47. Jefferson Gomes

    Arrasou no post! #rebeliaofotografica

    Ainda tem aqueles q acham “pouco” oq vc já fez e dizem: “Bem q vc podia fazer um book meu, né?” rs

    Parabéns pelo texto… e sucesso pra vc!

  48. Maria clara

    E verdade isso acima, as pessoas sempre se aproveitando dos outros, so porque e amigo, como se nao fosse o seu trabalho …. enfim e o famoso jeitonho brasileiro kkkk

    Boa sorte

  49. Lucas Moço

    É realmente muito incoveniente para nós fotógrafos receber esse tipo de convite.. a final a pessoa esta querendo nos convidar por amizade ou por interesse?? fica chato né! e o pior.. vc não ve essa pessoa convidar um amigo garçom pra servir de graça ou um recreador para animar a festa de graça.. sempre sobra para os fotógrafos! é por isso que apoio a sua #RebeliaoFotografica !!!

  50. Tati Giustino

    Sensacional. Vc escreveu tudo o que todo mundo queria dizer a todos os amigos!
    Devo mandar um e-mail para toda a ninha lista? Rsrsrsrs…

  51. Robson Souza

    Amanda, você foi muito feliz com sua carta. Parabéns! |Muita gente precisa ver isso e ouvir também. Muito show.
    Abraços.

  52. mandinhabhz

    Muito bom ter o apoio de vocês, hehe. Há tempos quero escrever sobre isso, mas ficava o receio de ser grossa e me passar por chata. Mas tudo tem limite. Agradeço os comentários! Tomara que nossos amigos não-fotógrafos também compartilhem da nossa #RebeliaoFotografica

    André, valeu pelo toque! Já tinha visto e ia editar, assim como editei várias outras coisas. Sei que vem de cheio, encher… mas sempre escrevo assim na linguagem internética, e na hora do desabafo sai tudo de uma vez, e não posso parar pra não perder o raciocínio, hehe.

    Abraços a todos!

  53. marlonmax

    Wow, O pior depois é ouvir.. nossa ainda vou ter uma camera boa assim! ou seja o merito é do equipamento!
    Fuck off
    #RebeliaoFotografica

  54. Fernanda

    Parabéns pelo post!!! Acho que vc falou por todos os fotógrafos que eu conheço… Com a facilidade das câmeras digitais, que qlq um pode clicar, as pessoas perderam o respeito por essa profissão que de fácil não tem nada! Eh difícil ver o qnto nossa área esta se desvalorizando por essas e outras coisas… Espero que as pessoas entendam o sentido do seu texto! Boa sorte e sucesso…

  55. André

    Ótimo, apesar do enxeção ao invés de encheção. Mas sem erro, todo mundo está sujeito a errar e só erra quem escreve.

  56. Lorena Nicácio

    PERFEIT, Mandinha!
    Eu também cansei da encheção de saco, e agora a regra é assim: a cada frase deixada do tipo “cadê minhas fotos”, acrescento um mês no prazo de entrega! hasuahsuhausha!!!
    As pessoas acham que é só “apertar o botão”, transferir as fotos e mandar. Tá na hora de mostrar que não é isso!
    Curti muito!

Deixe uma resposta