Daguerre (o homenageado do dia pelo Google) e a história da Fotografia.

Fui agora a pouco fazer uma pesquisa no Google, e vejo um doodle novo. Como sou super fã deste recurso sempre criativo que o Google faz para homenagear determinado assunto, fui logo ver do que se tratava. E adorei! O homenageado do dia é Daguerre, um dos pais da fotografia.

Mas quem é Daguerre? Ele nasceu em na França, no dia 18 de novembro de 1787 (por isso a homenagem hoje), morreu em 1851. Foi pintor, cenógrafo, físico e inventor. E foi com sua invenção que ele se tornou conhecido no mundo todo, principalmente na área da fotografia. Mas para chegarmos a sua invenção, precisamos voltar um pouco na história.

É difícil definir um nome para classificar como o inventor da fotografia. Durante determinado período, no mundo todo se realizavam experimentos com o objetivo de registrar uma imagem, mas que não fosse na forma de desenho, que era como as imagens eram representadas até então. Apesar de este trabalho estar sendo realizado simultaneamente por vários inventores em diversas partes do mundo, quem levou a fama foi Niépce, que começou seus inventos fotográficos em 1793, com imagens que desapareciam rapidamente. Em 1822 foi feita aquela que é considerada a primeira imagem da realidade. Só lá em 1824 foi que ele conseguiu fazer com que as imagens ficassem registradas por mais tempo.  E em 1826 foi feita aquela que é considerada a primeira imagem permanente do mundo!

E é aqui que entra o Daguerre. Neste ano, ele e Niépce começaram a trocar cartas, contando relatos e experiências sobre seus trabalhos. Em 1929 formaram uma sociedade, trocando conhecimentos com o objetivo de aprimorar suas pesquisas. 4 anos depois (1833) Niépce morreu, deixando suas obras nas mãos de Daguerre, que continuou com seus estudos. Em 1835, ele pegou uma placa revestida de prata sensibilizada com iodeto de prata, que não apresentava nenhum vestígio de imagem. Guardou a placa no armário e, no outro dia, teve uma surpresa: a placa tinha revelado uma imagem! Curioso para saber o que tinha acontecido, fez experiência com todos os produtos que estavam no armário e descobriu que a imagem tinha sido revelada por ação do mercúrio.

Em 1837 ele criou o Daguerreótipo, que só se tornou público em 1839, quando Daguerre o vendeu ao governo Francês em troca de uma grande pensão vitalícia. No Daguerreótipo,  a imagem era formada sobre uma fina camada de prata polida, aplicada sobre uma placa de cobre e sensibilizada em vapor de iodo. A Daguerreotipia foi utilizada na Europa até meados da década de 1850. No Brasil, continuou sendo usada até 1870 e, nos Estados Unidos (país em que teve maior sucesso, mais até do que no seu país de origem), continuou muito popular até a década de 1890.

Por falar em Brasil, as primeiras fotografias que aqui apareceram foram mesmo os Daguerreótipos. Na época do Segundo Reinado, muitos daguerreótipos (na época, este era o nome empregado ao que hoje chamamos de fotógrafos) faziam viagens ao interior do país, retratando os senhores de engenho e fazendeiros de café acompanhados de toda a família e usando as melhores roupas e jóias.

Foram estes registros dos daguerreótipos que permitiram posteriormente um melhor estudo sobre a história do Brasil no Segundo Império. Dom Pedro II, nosso Imperador que também era fotógrafo, deu à fotografia o status de arte. Ele também foi o responsável pela preservação de grande parte do acervo visual criado no século XIX.

Viram como Daguerre foi importante para a fotografia? Depois desta longa explicação, vocês entenderam porque o Google faz hoje uma homenagem a este grande inventor. Gostaram?  =)

2 Replies to “Daguerre (o homenageado do dia pelo Google) e a história da Fotografia.”

  1. Marina

    Oi Amanda, parabéns pelo post, muito bacana a história.

    Queria que você visitasse um site que estou começando http://leiturasfotograficas.webnode.com.br/ é um site aberto para quem quer vender ou comprar livros usados sobre fotografia. A idéia é criar um espaço onde podemos trocar informações sobre Literatura Fotografica. Dê uma olhada lá. ainda estou começando mas a idéia é com o tempo abrir espaço para release de lançamentos, indicar livros e como livro de fotografia é caro pra caramba rsrs que as pessoas possam anunciar livros ali e buscar também livros usados. Bjs!

Deixe uma resposta