Inhotim – museu de arte contemporânea que todo mundo precisa conhecer!

No último final de semana estive novamente (pela sétima vez!) em Inhotim, o maior museu de arte contemporânea a céu aberto da América Latina e localizado na cidade de Brumadinho, a pouco mais de 60km de Belo Horizonte. O lugar é maravilhoso, encantador.

Inhotim

Situa-se dentro de um domínio da Mata Atlântica, a natureza é exuberante. O parque abriga também diversas espécies de plantas raras e exóticas, e recebeu do Ministério do Meio Ambiente a classificação de jardim botânico. Só de palmeiras são 1.400 espécies diferentes, a maior coleção do mundo! Quem gosta de arquitetura também vai se encantar. Tudo se completa e se harmoniza.

Para conhecer todos os espaços, obras e galerias é preciso separar 2 dias inteiros. São mais de 170 0bras em exposição. Para se ter uma ideia do tamanho do museu, em alguns locais só é possível chegar de carrinho (aqueles tipo usado em jogos de golfe). Ele é cobrado à parte do ingresso ao preço de R$20 reais, o que acaba sendo mais caro do que o ingresso de quem compra meia entrada. Mas ao menos na primeira vez que se visita o museu vale a pena usá-lo.

Procurando hospedagem? Reserve pelo Booking, site onde normalmente faço minhas reservas. Recomendo também o Airbnb, onde é possível alugar a casa inteira ou apenas 1 quarto, deixando a viagem ainda mais econômica! Cadastre no Airbnb usando este link e ganhe desconto na primeira hospedagem.
Galeria Adriana Varejão

Galeria Adriana Varejão

Algumas exposições são permanentes, outras mudam de tempos em tempos. Artistas como Cildo Meireles, Amílcar de Castro, Hélio Oiticica e Adriana Varejão tem obras permanentes. É desta última o espaço que eu mais gosto. A “Galeria Adriana Varejão” conta com 6 trabalhos diferentes da artista e a obra “Linda do Rosário” é a que mais me causa impacto, toda vez que vejo. A inspiração da obra veio de um episódio triste de desabamento que aconteceu no RJ. A artista também ajudou na concepção arquitetura da galeria, e é um dos lugares mais lindos de Inhotim.

Não bastasse toda essa maravilha natural-artística-arquitetônica que por si só já é um convite para visitar o museu inúmeras vezes. Inhotim realiza eventos musicais de grande qualidade.

Para matar a fome e aliviar o calor, existem alguns quiosques e lanchonetes ao longo de todo o museu, além de 2 restaurantes e um bar com cara de bistrô. Os preços, como se poderia imaginar, são um pouco salgados. Como não se pode entrar com nada de bebida nem comida, é importante lembrar de não ir com pouquinho dinheiro/cartão.

Para se programar, vale a pena acessar o site e Facebook do instituto. Lá eles sempre divulgam os eventos e atrações que irão ocorrer ao longo dos próximos meses. Escolha a data e se programe, essa pode ser sua próxima parada!

 

Horários:
Terça a sexta-feira: 9h30 às 16h30
Sábado, domingo e feriado: 9h30 às 17h30

Valores*:
Terça-feira (exceto feriado): entrada gratuita
Quarta e quinta-feira: R$ 20,00
Sexta, sábado, domingo e feriado: R$30,00

*os valores podem sofrer alterações.

Existe um ônibus que sai da rodoviária 1 vez ao dia. Saritur: 0800-039 8846

 

2 Replies to “Inhotim – museu de arte contemporânea que todo mundo precisa conhecer!”

  1. Pingback: online marketing one hour a day

  2. Cesar Augusto Boaretto

    Esse local é sempre uma boa pedida, não ?! Tal como dito aí no seu texto, só os preços dos restaurantes é que são altos.
    Mais uma vez, parabéns, Amanda !

Deixe uma resposta