15 dicas simples para economizar e conseguir fazer a viagem dos sonhos!

curta a pagina1

2015 tá aí e cês já viram o tanto de feriado prolongado ou emendáveis que tem esse ano? São 10 nacionais, fora os regionais! Haja grana pra curtir isso tudo! Por isso começo as postagens desse ano com uma série de dicas para ajudar a economizar, tanto no pré-viagem quanto durante esta. Nesta postagem, as dicas são bem gerais e servem pra todo mundo que quer economizar por qualquer motivo. São dicas úteis pra vida e pra não desperdiçar dinheiro. A próxima postagem  (sai ainda esta semana, fica ligado!) será com dicas de sites e aplicativos que te ajudam a garantir o menor preço nas passagens e hospedagens.

 

Viajando de novo? Tá rica, hein!”. Esta deve ser a frase que mais ouço de amigos e conhecidos. Infelizmente eles ainda não estão certos, mas isso não me impede de fazer o que mais gosto na vida, que é viajar. Por outro lado, vejo muitas pessoas que tem um bom salário e não viajam tanto quanto gostariam. E então, onde está a diferença? Prioridades! Você prefere ir pra balada todo final de semana ou usar essa grana pra viajar? Minha resposta sempre vai ser a última opção, e com algumas pequenas mudanças na rotina isso se torna possível. Vamos ver o que dá pra fazer?

dinheiro moedas economizar

moeda é dinheiro, guarde todas!

 

1 – Gastos com café e almoço na rua.

Você faz ideia de quanto gasta mensalmente com almoço, jantar e cafézinhos que toma na rua? Uma conta rápida: se você toma um café na lanchonete todo santo dia ao custo de R$2, no final do ano você gastou R$730 só com cafés! Se almoça na rua de segunda a sexta ao custo de R$25, no final do mês são R$500, ou seja, R$6.000 POR ANO SÓ DE ALMOÇO! Já pensou em levar pro trabalho o almoço de casa? Se o seu local de trabalho tem uma cozinha com microondas, não sei porque você ainda não faz isso! Além de economizar MUITO a cada mês, nada melhor que o gostinho de uma comida caseira. É muito mais saudável também.

Obs: não sabe cozinhar? Até poucos meses atrás eu nem chegava perto da cozinha. Mas descobri o site Tudo Gostoso, que tem receitas super fáceis de fazer. Virou um novo hobby.

 

2 – Jantares e baladas.

Tá certo que um jantarzinho romântico ou com os amigos em um lugar especial tem seu lugar. Mas precisa ser tão frequente e no lugar mais badalado da cidade? Que tal variar e combinar cada semana na casa de um amigo? Além de ser mais intimista, vocês podem escolher o cardápio, experimentarem temperos diferentes, comandarem o som, aproximando ainda mais os laços sociais e o melhor, com mais segurança. E a balada, tem que ser todo final de semana? Com o valor da entrada + gastos com bebida + taxi, dá facilmente pra comprar uma passagem aérea promocional.

 

3 – Roupas novas, celular e eletrônicos em geral.

Você é do tipo que troca de celular a cada novo lançamento? E a tv de casa, é daquela power-blaster-mega-hd-60-polegadas? Será que a gente precisa mesmo disso tudo? Playstation, Xbox, cafeteira mais top do mercado. E aquela bolsa, maravilhosa mas caríssima? Você já deve ter outras dezenas em casa, encostada no canto. E o tênis pra academia? Será que precisa custar R$700? Desse preço só se ele me fizesse perder calorias instantaneamente!  :P

 

4 – Tv a cabo, celular e contas fixas.

Seja sincero, você paga tv a cabo com 200 canais e quantos vê ao longo do mês? Os programas são mesmo essenciais na sua vida? E o celular com conta caríssima ao final do mês? Com internet em casa, não é preferível pagar serviços como Netflix ou outros serviços de streaming? Fazer ligações gratuitas pelo skype e mandar mensagens pelo whatsapp geram uma economia enorme no final do mês. Também é possível economizar na conta de luz, água e outros gastos fixos.

 

5 – Cartões de crédito.

Precisa mesmo ter vários cartões, cada um com anuidade alta? Um ou dois no máximo não seriam comprar pela internetsuficientes? E que tal ligar pro banco pra negociar a anuidade? Já ouvi vários comentários de que é só ligar no atendimento e falar que te ofereceram anuidade grátis ou mais barata em outra bandeira e pronto! Facinho se consegue um desconto. Outra coisa importante é não pagar com atraso, os juros são altíssimos. Por fim, cadastre seu cartão nos programas de fidelidade que as empresas oferecem. Ah, e claro, prefira sempre que possível pagar à vista, deixe pra usar o cartão só em último caso e evite surpresas desagradáveis no fim do mês.

 

6 – Manicure, depilação e outras “coisinhas de mulher”.

Você é daquelas que faz pé e mão toda semana com manicure, escova os cabelos sempre no salão? Já fez as contas de quanto isso custa no final do mês? Não estou dizendo que não devemos nos cuidar, mas muita coisa podemos fazer nós mesmas, em casa. Tirar cutícula, passar esmalte, fazer escova, hidratação e até depilação (que tal pedir ajuda pra uma amiga?) em casa economizam uns bons 2 mil reais ao final do ano. Mas nada nos impede de tirar um vez ao mês pra ter aquele dia de rainha, também merecemos!  :D

 

7 – Evitar shoppings.

Esse antro do capitalismo é um dos maiores inimigos de quem quer economizar. É quase impossível não andar pelos corredores e, pelo simples impulso, entrar em alguma loja e comprar algo, que dias depois você nem vai encostar mais. Agora faço assim: se preciso de roupa, vou direto onde sei que é mais fácil de achar. Se quero outros produtos que não preciso experimentar, compro pela internet. Além do preço das lojas online serem comumente mais barato que as lojas físicas, evita comprar outras coisas que não precisamos.

Dica bônus: a maioria das grandes lojas tem sede em SP, aí você ainda pode cadastrar seu CPF pra participar da Nota Fiscal Paulista e receber até 30% do ICMS pago. Clique aqui pra saber mais.

 

8 – Cinema.

Sou cinéfila assumida, já teve época de ir a cinemas 2 vezes por semana. É uma coisa que gosto muito e não vou parar, mas dá pra diminuir. Tem filme que tem que ser visto naquela tela grande e sala escura. Mas a imensa maioria dá pra esperar “na locadora”. Isso tudo porque além do preço dos ingressos/pipoca+refri estarem estratosféricos, ao menos aqui em BH só tem uma sala de cinema de rua, os outros todos são em shoppings, o que nos faz cair no tópico acima. Sem falar no povo mal educado que tem frequentado as salas de cinema e me desanimando cada vez mais, mas esse é outro assunto.

 

9 – Desapego.

Em tempos de OLX, Mercado Livre e grupos de Bazar no facebook, essa palavra ficou comum. Uma rápida olhada pela casa e com certeza você vai achar alguns ítens que não usa mais, mas que pode ser de grande valia pra outra pessoa. Roupas usadas mas em ótimo estado, livros, cds e ítens de decoração são os mais comuns e podem render uma boa graninha extra.

 

10 – Faça algo pra vender.

Viram o caso do rapaz que fez brigadeiros pra vender, e em 3 meses conseguiu juntar 9 mil reais? Veja no que você é bom e invista nisso.

 

juntar dinheiro pra viagem11 – Eventos gratuitos.

Aqui em BH sempre temos ótimos eventos gratuitos ou com preços bem acessíveis. São inúmeros museus (conheça o Circuito Praça da Liberdade, imperdível!) e shows em praças. Agora com o carnaval chegando então, a cidade ferve com o aquecimento dos blocos de carnaval de rua, vale a pena acompanhar. Na página desse blog no facebook irei compartilhar as programações quando estas forem surgindo, fiquem ligados! (Clique aqui para curtir).

 

12 – Compras coletivas.

Muito usado alguns anos atrás, os cupons de compra coletiva ainda são de ótima valia. Vez ou outra aparecem boas promoções, principalmente em restaurantes. Tem uma pizzaria que eu adoro, mas acho caro com preço normal, mas de vez em quando ela aparece nesses sites e eu compro logo alguns cupons. Mas é importante não comprar só porque está barato e acabar perdendo o desconto depois. Se comprou, tem que ir! E tem que ler atentamente todas as informações, muitas vezes o barato pode sair caro.

13 – Vender o carro.

Se você quiser ser mais radical e economizar de verdade, pode abrir mão de alguma comodidade e começar a usar transportes públicos. O valor do carro em si já vale por inúmeras viagens menores ou uma viagem mais top, sem contar em todos os gastos mensais como gasolina, manutenção e IPVA agora e janeiro. Vale fazer a conta do custo-benefício-comodidade-segurança.

14 – Poupança ou outro tipo de investimento.

Depois de todas essas dicas, com certeza você consegue juntar boas economias a cada mês. Agora faça as contas de quanto conseguiu economizar, coloque em uma poupança e se comprometa a depositar X valor todo mês. Mas tem que ser regra, ser persistente. Se em um mês não conseguiu colocar o planejado, no mês seguinte tem que colocar o dobro!

15 – Planilha de gastos

Existem muitas planilhas de gastos grátis na internet, onde se adiciona todos os gastos mensais. Confesso que já baixei algumas mas nunca usei de verdade. Tem que ser persistente e colocar todos os gastos, inclusive a bala que comprou pra ajudar o rapaz no sinal (ou semáforo/sinaleiro  :P  ). Mas é uma dica ótima, já que analisando vsualmente os gastos, principalmente estes menores, fica muito mais fácil saber onde estamos gastando desnecessariamente. Este link da revista Exame mostra algumas opções. Escolha uma deles e boa economia!

Gostaram das dicas? E você, o que faz pra economizar? Use os comentários e compartilhe suas experiências!

3 Replies to “15 dicas simples para economizar e conseguir fazer a viagem dos sonhos!”

  1. Pingback: Dia Mundial do Turismo - coletânea de posts - Próxima Parada

  2. Mau Santos

    Sempre digo isso: dá pra viajar todo ano se souber guardar dinheiro. Mesmo que o destino não seja tão distante. A frase “tá podendo” é clássica e eu nem registro mais. Semana que vem estamos indo para Natal e metade da viagem foi paga com pontos de bônus de cartão de crédito. Vale a pena usar estes programas de bônus, o retorno é bom!

  3. Pingback: Conheça 10 sites que ajudam a planejar sua viagem de forma econômica! | Próxima Parada

Deixe uma resposta