Avenida Paulista – onde ir e o que fazer na principal avenida de SP

São Paulo é uma cidade movimentada e cheia de coisa pra fazer, é o tipo de lugar que por mais tempo que a gente passe por lá, parece que nunca vamos conseguir conhecer tudo que a cidade oferece! Mas um passeio pra mim é o principal de todos, o que eu recomendo pra todo mundo que vai visitar a cidade pela primeira vez: andar por toda a extensão da Avenida Paulista, a pé. São lojas, bares, shoppings, parques e museus que oferecem roteiro de  um dia inteiro com opções para todos os gostos.

Uma coisa super bacana que tá rolando lá é que a Avenida Paulista fica fechada aos domingos para carros e aberta para a população curtir. E tem ficado sempre movimentada com pessoas de todas as idades passeando, andando de bike, patins e skate, fazendo caminhada, gente tocando instrumentos musicais, tem feirinha de artesanato, de comida… tudo muito lindo e virou um passeio imperdível!

A Avenida Paulista

resume, de certa forma, o que é a cidade de SP. Com 2,8 km de extensão, a principal avenida da cidade reúne pessoas de todas as idades e estilos. A arquitetura segue o mesmo ritmo, com inúmeros prédios enormes e modernos contrastando com as belas construções históricas. É impossível não se encantar com aquelas construções enormes e espelhadas, refletindo em si a beleza do prédio à frente.

livraria cultura sp

O nosso ponto de partida será o começo da Paulista, ali onde podemos ter como referência a estação de metrô Consolação.  Quem estiver vindo de outro lado pode descer lá e começar o passeio. A primeira parada é a Livraria Cultura, uma das maiores livrarias da América Latina! São 4.300 m² distribuídos por 3 pisos. É a principal livraria da rede e lá acontecem saraus e lançamentos de livros. É bom ir com calma, pra apreciar o ambiente. Tem vários puffs onde a galera se joga e lê vários títulos por ali mesmo. Quem gosta de ler fica apaixonado! Pouco depois está o Parque Prefeito Mário Covas, pequeno mas agradável, cheio de árvores com sombras gostosas.

Alguns quarteirões a frente está o Parque Trianon, uma área verde muito agradável que contrasta com o agito da avenida. (Bem em frente está o MASP, mas como ele está do outro lado da avenida, falaremos mais adiante). Andando mais um pouquinho e estamos no Centro Cultural Fiesp, um espaço que contém galeria de arte, teatro e mezanino, sempre com eventos e exposições bacaníssimas.

Em pouco tempo chegamos na Fnac, loja com grande variedade de produtos eletrônicos livros, cds e muito mais. Fãs de tecnologia se perdem entre os corredores, com tamanha opção de produtos de desejo. Andando um pouco mais existem algumas lojas de roupas e sapatos que são minha perdição, sempre compro alguma coisa! Mesmo estando localizada em plena Avenida Paulista, sempre encontro com produtos com ótimos preços! Vale a pena namorar as vitrines.

kobra sp

Mais adiante tem o Itau Cultural, sempre com exposições e agenda cultural interessantes, muitos deles gratuitos. Andando mais um pouquinho chegamos na Casa das Rosas, um casarão antigo em estilo clássico francês que foi construído quando a Avenida Paulista era ocupada por mansões dos barões do período cafeeiro. O espaço conta com um lindo jardim e, aos fundos, um café com varias mesinhas ao ar livre. Sem dúvida um convite para fugir da agitação da cidade. O casarão foi construído pelo arquiteto Ramos de Azevedo, o mesmo de obras como o Mercado Público e Teatro Municipal. Em seu interior são realizados sarais, exposições e lançamentos de livros, entre outros.

Ali já estamos a alguns passos da praça Oswaldo Cruz e olhando para o outro lado da avenida vemos o enorme grafite do Oscar Niemeyer, obra do conceituado artista Eduardo Kobra, famoso no mundo todo. O desenho é maravilhoso, todo colorido (o que contrasta com o cinza do prédios da avenida) e riquíssimo em detalhes. Vale a pena parar alguns minutos para observar cada detalhe.

Atravessando a avenida temos o Shopping Patio Paulista, pequeno mas com boa variedade de lojas, incluindo marcas como Zara e Sephora. Agora já estamos fazendo o trajeto de volta pela avenida e mais à frente vemos o prédio onde funciona a Rede Gazeta. Mais adiante tem o super-recém-inaugurado shopping Cidade São Paulo (inaugurado dia 30-04 ), localizado onde por anos era a famosa Mansão Matarazzo.

E finalmente chegamos em um dos principais pontos da avenida, o MASP! O Museu de Arte de São Paulo abriga o mais importante acervo artístico da América Latina, com cerca de 8 mil peças de artistas nacionais e internacionais, como Van Gogh e Monet, além de exposições itinerantes. De tão famoso, o espaço por si só se tornou um passeio imperdível. No vão do museu acontece todo domingo a tradicional feira de antiguidades, com produtos raros (e caros!). Ali também é o ponto de encontro das manifestações políticas e culturais.

masp

MASP

Andando um pouquinho mais chegamos em um quarteirão super badalado, que é o cruzamento da Paulista com a Rua Augusta, conhecida por sua imensa quantidade de bares e vida noturna tão agitada que logo farei um post sobre ela. Nesta esquina a gente encontra várias barraquinhas vendendo artesanatos. Ali também tem mais um shopping, o Center 3.

E aqui a gente encerra esse passeio ao longo de toda a Avenida Paulista. Uma única avenida onde é possível encontrar shopping, museu, parque, artesanato, lojas e pessoas de todos os tipos. Sem dúvida alguma é um passeio maravilhoso por aquela que pode ser considerada uma das avenidas mais importantes do país!

E você, gosta muito de algum lugar da Avenida Paulista que não foi citado no texto? Deixa a dica nos comentários!

Siga o blog também no Facebook e Instagram!

 

 

One Reply to “Avenida Paulista – onde ir e o que fazer na principal avenida de SP”

  1. Pingback: Dia Mundial do Turismo - coletânea de posts - Próxima Parada

Deixe uma resposta