Vitória e Vila Velha – atrações e principais pontos turísticos

Nós mineiros sempre brincamos que o Espírito Santo é nossa segunda casa, afinal de contas era pra lá que íamos em todas as férias durante a infância. Fiquei muitos anos sem visitar o estado e no final do ano passado tive a oportunidade de passar 8 dias entre Vitória e Vila Velha e me surpreendi.

Na minha infância a região não era muito evoluída, tinha ares de interior. Agora está linda, moderna, cheias de atrações culturais e religiosas, além de praias lindas com muita estrutura. Fiquei encantada e acho que o brasileiro precisa colocar o ES no plano de viagens! São muitas coisas pra se ver e falar, por isso este será o primeiro post de uma série, acompanhe!

O que fazer e onde ir em Vitória e Vila Velha

É praticamente impossível falar de Vitória sem falar de Vila Velha, a sensação que dá é que é uma cidade só. As duas cidades estão coladas uma na outra sendo acessadas por pontes, sendo a Terceira Ponte a principal, com pouco mais de 3km de comprimento. É essa a distância entre as duas cidades, então é comum transitar entre elas ao logo do dia. 

Dica: prepare a moedinha, há um pedágio no acesso à ponte que em dezembro/2016 custava R$0,90.

Procurando hospedagem? Reserve pelo Booking, site onde normalmente faço minhas reservas. Recomendo também o Airbnb, onde é possível alugar a casa inteira ou apenas 1 quarto, deixando a viagem ainda mais econômica! Cadastre no Airbnb usando este link e ganhe R$85 de desconto na sua primeira hospedagem.

As principais atrações da região estão em Vila Velha:

CONVENTO DA PENHA

É em Vila Velha que fica a atração mais visitada do estado, o Convento da Penha (ou Santuário de Nossa Senhora da Penha). Ele fica no topo de um penhasco e lá de cima é possível ver toda a cidade de Vila Velha e um pouquinho de Vitória. A vista é linda e é de lá que sai um dos principais cartões postais da cidade, a Terceira Ponte ligando as cidades. Um espetáculo!

Convento da Penha ES

É possível subir a pé (haja fôlego!), de carro próprio ou de van, ao custo de R$2 reais ida ou R$4 ida e volta. Logo na parte do estacionamento está o mirante, que é onde vemos a terceira ponte. Para chegar ao Santuário é necessário subir 365 degraus, mas é bem tranquilo e a vista compensa. Acesse o site do Santuário para saber os dias e horários das missas, assim você pode assistí-la ou se não quiser, pode ir em outro horário pra pegar o lugar mais vazio.

IGREJA DO ROSÁRIO

Saindo do convento, poucos quarteirões abaixo está a Igreja do Rosário, a mais antiga do estado e diz que é a mais antiga ainda em pé em funcionamento do Brasil! Sua construção iniciou em 1535. Ficou um tempo fechada, passando por reformas e foi aberta novamente no final do ano passado. Na página do Facebook é possível ver os horários das missas.

Nessa mesma região estão ainda a Casa da Memória, com fotos da colonização do ES, e o Museu e Atelier Homero Massena, artista da cidade. Não conheci, mas na mesma praça da Igreja do Rosário tem o Bar e Restaurante Stragalar, eleito como “o melhor happy hour” pela revista Comer & Beber, da Veja ES.

Igreja do Rosário em Vila Velha.

 

MORRO DO MORENO

Antes mesmo da viagem, pesquisando sobre a cidade minhas buscas sempre caíam no Morro do Moreno, sendo uma das principais atrações naturais da região. O morro tem 274m de altura e pra chegar no topo pode ir à pé através de 3 trilhas distintas ou de carros 4×4. Como é muito alto, imagina só a vista maravilhosa que é! Eu só vi por fotos, infelizmente estou com um problema no joelho que não me permitiu subir. Para chegar até o topo são cerca de 40 minutos.

Lá é possível praticar rapel, saltar de parapente e asa-delta ou só admirar a vista mesmo. Como toda trilha, é recomendado ir em grupos, principalmente com alguém que já conheça a região, já que as trilhas não são totalmente sinalizadas. Ou então siga pelo acesso principal que não tem erro, mas cuidado com os carros!

FAROL DE SANTA LUZIA

O Farol foi inaugurado em 1871 esteve fechado nos últimos 10 anos, tendo sido reinaugurado no final do ano passado (dei sorte!). É mais um lugar com vista muito bonita e que rende boas fotos! É bem próximo do Morro do Moreno, então dá pra fazer uma esticada no mesmo passeio.

Farol de Santa Luzia em Vila Velha.

MUSEU DA VALE

Não cheguei a conhecer o museu, mas parece ser uma visita interessante. O museu fica localizado na antiga estação ferroviária Pedro Nolasco, que até pouco tempo era a estação de chegada do trem que sai de BH e faz a ligação de MG com o ES.

Assim sendo, o museu conta a história da Estrada de Ferro Vitória Minas, com informações sobre a evolução da ferrovia e do minério de ferro, com exposições fixas e temporárias.

FÁBRICA DE CHOCOLATE GAROTO

Você sabia que a fábrica dos chocolates Garoto fica no Espírito Santo? Essa eu também não cheguei a conhecer, mas não por falta da vontade. A dica mais importante aqui é: faça sua reserva com muita antecedência! Fui bem após o Natal, período de férias e tentei fazer o agendamento 1 mês antes mas já não havia mais vagas. É a maior fábrica de chocolates do Brasil e a 5a maior do mundo. Legal, né?

O passeio inclui visita pela setores de fabricação, incluindo paradas para degustação. Não é permitido tirar fotos lá dentro e é preciso ir com calça comprida e sapato fechado. No final da visita tem aquela paradinha clássica na loja mas fique ligado, dizem que os preços nem sempre são mais em conta que nos supermercados, vai entender.

Atrações na cidade de Vitória:

PANELEIRAS DE GOIABEIRAS

Paneleira fabricando panelas de barro em Vitoria, Espirito Santo.Quando se fala em Espírito Santo, logo lembramos da tradicional moqueca feita em panelas de barro. Mas como são fabricadas essas panelas, você sabe? Pois está aqui a oportunidade de ver as senhoras fabricando a panela em todas as etapas, desde o barro que é recolhido do mangue em frente, passando pela mão na massa até a queima e cura da panela.

Gostei muito da visita, as paneleiras são muito solícitas e explicam todo o processo. É possível também comprar as panelas diretamente com elas, com certeza por um preço muito menor do que em Paneleira fabricando panelas de barro em Vitoria, Espirito Santo.lojas. Falando em preço, é até estranho ver como que um processo tão trabalhoso é vendido por preços com certeza abaixo do que merecem. Uma crítica social pra gente pensar sobre como certos trabalhos são muito desvalorizados.

Depois desse passeio, você nunca mais vai comer em panelas de barro sem lembrar da visita. É possível também agendar uma “aula”, onde as paneleiras ensinam como moldar e você pode levar sua panelinha pra casa :D

Para agendar e mais informações: (27)3327-0519

 

Centro histórico de Vitória

Passeio muito interessante com muitas atrações e todas próximas umas das outras. Ainda na parte baixa, o bonito Teatro Carlos Gomes e as escadarias Maria Ortiz e São Diogo, ambas com histórias interessantes. Subindo por ela, vemos a bela Catedral Metropolitana, o bonito prédio do Palácio da Cultura Sônia Cabral, as igrejas São Gonçalo e do Rosário, a capela de Santa Luzia, os conventos do Carmo e de São Francisco e o imponente Palácio Anchieta, sede do governo do estado.

Palácio Anchieta, sede do governo do Espírito Santo.

 

Catedral Metropolitana de Vitória.

 

Mapa do Centro Histórico de Vitória

Mapa do Centro Histórico de Vitória, criado pelo pessoal do blog Rotas Capixabas.

Essas são as principais atrações das cidades, fora as praias (que terão um post específico)! Então a gente vê que é muito possível fazer um roteiro de 3 dias por Vitória e Vila Velha, podendo estender para ainda mais dias se quisermos curtir as praias e conhecer alguns outros lugares que a cidade oferece, como parques e praças.

Gostaram do roteiro? Tem alguma dúvida ou gostaria de indicar algum lugar bacana? Deixe sua opinião nos comentários! Siga também o blog no Facebook e  Instagram  (busque pela tag #proximaparadaes para ver as fotos da viagem).

Deixe uma resposta